top of page

CONCURSO FOTOGRÁFIA SEM FRONTEIRAS 2024 - TRANSVERSALIDADES


O Centro de Estudos Ibéricos – Centro de Estudos Ibéricos (CEI)- continua empenhado no fortalecimento do eixo cultural e científico organizado por Coimbra, Guarda e Salamanca e, através de um envolvimento activo na cooperação territorial, aposta nos territórios de baixa densidade, particularmente os mais periféricos e os fronteiriços. Com base nestas referências e na importância da imagem nas sociedades contemporâneas, o projeto Transversalidades: Fotografias sem Fronteiras utiliza a fotografia como meio de promover a inclusão de territórios e romper com os processos de exclusão a que vastas áreas do planeta são submetidas pelos meios de comunicação.


Prosseguindo objectivos coincidentes com aqueles que norteiam o trabalho do CEI, este concurso Fotografia sem Fronteiras contribui para superar as fronteiras artificiais que se impõem entre comunidades, povos e culturas. A convocatória que retrata espaços além e para além fronteiras, espalhados pelos vários continentes, pretende, ao documentar a diversidade de Territórios, Sociedades e Culturas, ler e interpretar a multiplicidade de paisagens naturais, económicas, sociais e culturais que estão espalhadas por as vastas geografias do planeta.



As fotografias recolhidas no âmbito deste concurso deverão retratar a diversidade de territórios, sociedades e culturas dos diferentes continentes, de forma a permitir olhares cruzados sobre as mudanças que estão a ocorrer nas diferentes partes do mundo, mostrar diferentes estilos de organização social e espacial, captar sinais de continuidade e mudança, arcaísmos e inovações que se manifestam nas cidades ou zonas rurais mais populosas, localizadas nas áreas mais remotas e distantes e que enfrentam o despovoamento. A interpretação das paisagens naturais, económicas, sociais e culturais validadas em fotografias fará delas uma componente importante da cooperação territorial, pois são recursos valiosos para promover a inclusão de regiões remotas e menos visíveis.


  • Paisagens, biodiversidade e património natural (recursos naturais e riscos; utilização, gestão e planeamento de áreas naturais; diversidade de contextos e relações entre o homem e o ambiente, etc.).

  • Espaços rurais, agricultura e povoamento (bens e produtos agrícolas, organização dos espaços rurais; lugares e arquitectura rural, mobilidade, etc.).

  • A cidade e o processo de urbanização (cidade, arquitetura, processos de regeneração e urbanização; paisagens, ambientes e experiências urbanas, etc.).

  • Cultura e sociedade: diversidade cultural e inclusão social (legado construído e património cultural, modos de vida e condições sociais; luta contra a pobreza e a exclusão social, etc.)



Localização: On-line


Benefícios

De todos os participantes e fotos submetidas ao concurso serão selecionadas e premiadas as seguintes:

Prêmios Gerais:

  • O Vencedor Geral (1) do melhor e mais completo portfólio submetido receberá um prémio monetário de 1500 Euros.

  • O Vencedor de cada tema (4) do melhor e mais completo portfólio receberá 750 Euros.

  • O Júri atribuirá ainda até 12 portfólios, sendo cada um premiado com 150 euros.


Prêmios Especiais:

  • Para um concorrente português: prémio monetário de 500 euros (quinhentos euros);

  • Para um concorrente dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP): prémio monetário de 500 euros (quinhentos euros).


Elegibilidades

  • A competição está aberta a qualquer pessoa.

  • Ser único titular de todos os direitos sobre a foto;


Prazo para inscrição:  12 de Maio de 2024

Países da CPLP elegíveis para esta oportunidade:

Angola, Brasil, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

Para mais oportunidades como esta, faça parte do nosso grupo do whatsapp através do seguinte link: https://chat.whatsapp.com/JOZgQAIj2IOBHoIMkIiXnm

Recebas as oportunidades por email: https://bit.ly/4188LL6 

Visite o site oficial em: www.oportunidadescplp.info/ 

Ou Siga-nos também pelo:


144 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page