top of page

CANDIDATURAS ABERTAS: Laboratório Internacional de Criação Artística 2024


Estão abertas as candidaturas para participação na 4ª edição do Laboratório Internacional Linha de Fuga que vai decorrer entre 1 e 24 de novembro de 2024, em Coimbra/Portugal. «Enfrentar medos» é o tema desta edição para a qual criadores, artistas e pensadores podem candidatar-se até ao dia 30 de junho de 2024.


‍Em 2024, LINHA DE FUGA realiza a quarta edição do Laboratório Internacional que promove o encontro entre criadores, artistas e pensadores de diferentes países, num campo de experimentação, aprendizagem e partilha de conhecimento coletivo. Realiza-se em Coimbra, entre 1 e 24 de novembro, através oficinas de intercâmbio de práticas artísticas orientadas por artistas convidados, com acesso a espaços de trabalho e ao acompanhamento dos processos pelo artista Gustavo Ciríaco. Paralelamente, decorre o Festival Internacional com uma programação de espetáculos, exposições, encontros e conversas aos quais os artistas participantes podem assistir gratuitamente e onde poderão propor apresentações dos seus processos em trabalho.

Perfil

O Laboratório é direcionado a profissionais das artes com um percurso mínimo de criação de duas obras e sem limite de idade. Procuramos participantes que queiram iniciar, desenvolver e expor os seus processos e interagir com a crítica aos seus trabalhos, tanto pelos seus pares como por parte do público.


Existem ainda nesta convocatória, um a dois lugares para documentadores/arquivistas cujo papel será o de acompanhar todo o Laboratório e as suas práticas a partir de uma perspetiva subjetiva e crítica, com a intenção de devolver à sociedade a sua visão sobre documentar o efémero e as práticas de transmissão de conhecimento desenvolvidas no âmbito deste projeto.

Metodologia

O Laboratório vai reunir até 10 participantes/criadores que se devem apresentar a esta convocatória com um trabalho em processo, uma proposta de investigação, uma prática artivista — que pode estar em diferentes estágios de desenvolvimento — que pretende colocar em causa e discutir criticamente o conceito de Medo e a possibilidade de o enfrentar. Quais são os meus medos? Do que a sociedade tem medo? De que forma podemos, pela arte, superar estes medos?


Os candidatos a documentadores/arquivistas deverão considerar como proposta a relevância de arquivar e disseminar eventos desta natureza, efetuar uma proposta considerando igualmente o tema em discussão este ano e estar disponíveis para o desenvolvimento desta documentação/arquivo para lá da data do laboratório (ver aqui resultados das edições anteriores)


Pensado sob a lógica de coletivo efémero temporal, LINHA DE FUGA terá espaços/momentos de trabalho coletivo onde os participantes podem confrontar e trabalhar os seus projetos artísticos em relação com outras práticas e períodos de trabalho individuais, a serem geridos individualmente (em colaboração com outros participantes, em sessões de feedback individuais com os pares ou no desenvolvimento da sua pesquisa).


Para lá das oficinas em que participam, os artistas e os seus processos serão acompanhados pelo artista Gustavo Ciríaco que, através do seu conhecimento enquanto criador e pesquisador, estará disponível para orientação das investigações e práticas performativas.

‍Tema

Desde 2018 que Linha de Fuga propõe a discussão de um tema à volta de cada edição que vai evoluindo numa narrativa lógica sequencial e que pretende colocar em evidência temas sociais com os quais as artes se relacionam. A quarta edição, a realizar em Novembro de 2024, será dedicada ao tema «Enfrentar medos».


No mundo contemporâneo, marcado por desafios sociais, políticos e económicos, enfrentar os medos tornou-se uma tarefa essencial para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária, um passo crucial em direção à transformação social. A necessidade de uma análise crítica da nossa sociedade e das suas estruturas de poder é essencial enquanto indivíduos, e acreditamos, tal como defende Žižek, que só através de resistência coletiva conseguimos uma resposta eficaz às formas de dominação. Este teórico argumenta que o medo é uma força poderosa na política contemporânea, muitas vezes sendo explorado por instituições e governos para manter o status quo e perpetuar desigualdades.


Mas também acreditamos que a arte pode desafiar as normas sociais e criar espaços de resistência e transformação. De acordo com a teórica Bojana Kunst, ao expressar os nossos medos e preocupações por meio da arte, podemos criar um espaço para confrontar e superar essas emoções, ao mesmo tempo em que construímos solidariedade e conexão com os outros.

Ao reconhecer e confrontar nossos medos, podemos criar um espaço para a transformação pessoal e social, onde a arte pode servir como um canal para gerar empoderamento e solidariedade, possibilitando a construção de um mundo mais compassivo e resiliente.


No ano em que se comemoram os 50 anos da Democracia em Portugal, é importante ter a consciência de que só criticamente conscientes do nosso papel no mundo será possível enfrentar os medos que temos medo mencionar.


O Laboratório Internacional de Criação é uma iniciativa de Linha de Fuga – Associação Cultural, com financiamento da Direção Geral das Artes, programa Iberescena e Município de Coimbra, em parceria com (e a decorrer em) vários espaços e organizações de Coimbra.

‍Informações Práticas

Data limite de candidatura:

30 de Junho de 2024


Informação sobre seleção de candidatos:

18 de Julho de 2024


Como se candidatar:

Os interessados devem preencher o formulário disponível aqui.


Condições de candidatura:

As bases da candidatura (disponíveis aqui) devem ser lidas antes de preenchimento e envio do formulário


Inscrição para os selecionados:

300€ (inclui acesso a uma refeição por dia durante todo o período do Laboratório + entradas para espetáculos do festival).

Bolsas:

Linha de Fuga tem a possibilidade de conceder algumas bolsas aos candidatos selecionados, perante uma situação bem justificada. No formulário de candidatura devem ser apresentadas as razões da necessidade da bolsa.


‍Materiais necessários para submeter a candidatura:

> 1 fotografia (retrato com o mínimo 1200px / 800px)

> Biografia (máximo 1000 caracteres)

> Texto de apresentação do projeto (entre 4.000 e 6.000 caracteres)

> Até 7 imagens elucidativas do teu projeto

> 2 a 5 ligações vídeo sobre criações tuas ou com as quais te identifiques

> Até 10 imagens que ilustram trabalhos que tens desenvolvido

> Texto sobre os motivos porque te interessa participar neste laboratório (máximo 1.500 caracteres).

Prazo para inscrição: 30 de Junho de 2024

Países da CPLP elegíveis para esta oportunidade: Brasil e Portugal.

Para mais oportunidades como esta, junte-se a nós através da tua rede social favorita através do seguinte link:

 Grupo do Telegram: https://t.me/oportunidades_cplp

● Grupo do whatsapp: https://shorturl.at/diru3

● Grupo do facebook: https://shorturl.at/befuR

● Página do facebook: https://shorturl.at/bdgHW

● LinkedIN: https://rb.gy/casddp

● Visite nosso website: https://www.oportunidadescplp.info/

 Inscreva-se e receba as nossas oportunidades todos os dias por email: https://bit.ly/4188LL6




79 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page